quinta-feira, 13 de agosto de 2009

ANATOMIA DA PRINCESA DE MEIA PATACA


Era uma vez uma Princesa que morava na província de Curitiba, no lado sul do Reino República e Grêmio Recreativo do Pau Brasil. A Princesa sofria de uma doença incurável: Putice aguda. Era uma vez um Príncipe metido a engraçado que também morava no mesmo reino e sofrera uma grave maldição: A Maldição do Complexo de Peter Pan. Um belo dia, (uma semana antes dela ter consumado o amor com outro príncipe, e ele ter torrado o dinheiro do Rei em dadinhos e gibis), os dois se encontraram num sábado nublado sem nada para fazer e resolveram brincar de amiguinhos. Depois resolveram brincar de namoradinhos, e por fim, resolveram brincar de casinha. Tudo poderia ter acabado muito bem, eles brigariam e nunca mais colocariam os olhos um no outro. Mas, quando brincar de casinha já estava perdendo a graça, o Príncipe foi a guerra sem escudo, e como consequência, o lindo casal recebera uma semente que germinou e se tornou um menino (de verdade, não de madeira). E agora eles estão atrelados e presos um no outro,(como num sono profundo da Bela Adormecida), até que se passe 18 primaveras desde que a semente se tornou menino. Estaguinados. Atualmente o Príncipe e a Princesa, brincam de envelhecer.

2 comentários:

Quickstrike disse...

É assim que a vida costuma ser

Nero disse...

"putice aguda": boa essa!